Pastor sumiu na segunda-feira (15) em Praia Grande. Até o momento, a família não recebeu nenhuma informação sobre seu paradeiro.

A família de Manoel Domingos, de 46 anos, aguarda por notícias do pastor que desapareceu após sair de uma oficina mecânica em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo informações obtidas pelo G1, o homem foi visto pela última vez na segunda-feira (13) e seu celular está desligado.

De acordo com a esposa, Lorrayne Martins Olímpio Domingos, Manoel saiu por volta das 10h de casa, no bairro Caieiras e seguiu de bicicleta para o mecânico, na Vila Sônia, onde entregaria uma peça para o conserto de seu carro. Às 14h, ele saiu da oficina e foi em direção a sua residência, segundo relatou a mulher.

“O mecânico informou que não conseguiria mexer no carro na segunda e meu marido deve ter pensado que não adiantava ficar ali e ele foi embora. Deixou o carro, a peça e desapareceu. Nunca aconteceu isso. Ele nunca ficou tanto tempo sem se comunicar e sem aparecer em casa”, afirma a esposa.

Desesperada e há mais de 24 horas sem ter notícias do marido, Lorrayne decidiu fazer uma publicação nas redes sociais informando o sumiço do companheiro. O post teve mais de 4 mil compartilhamentos, no entanto, a família de Manoel ainda não recebeu nenhuma informações que pudesse ajudar a encontrá-lo.

“É um mistério. Ninguém o viu por aí. Eu estou muito preocupada porque ele não é de fazer isso. Estamos há 11 anos e essa é a primeira vez que isso acontece. Estou desesperada com o sumiço”, relata.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande e segue sob investigação da Polícia Civil.

Lorraye procura pelo marido Manoel, que desapareceu após sair de uma oficina mecânica.  — Foto: Divulgação

Lorraye procura pelo marido Manoel, que desapareceu após sair de uma oficina mecânica. — Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Digite seu nome aqu