Vereadores de Itapevi denunciam Benfica por descaso com o transporte público na cidade

0

A péssima qualidade do transporte coletivo em Itapevi deu o tom das discussões na Câmara Municipal na sessão ordinária desta terça-feira, 21, após vários vereadores receberem denúncias de diversos moradores sobre a qualidade do serviço prestado pela empresa Benfica. Para apurar as reclamações de ônibus superlotados, atrasos frequentes, horários diferentes das linhas, falta de limpeza, de conforto e de acessibilidade, os vereadores aprovaram dois requerimentos solicitando informações e cópia do contrato de prestação de serviço na cidade pela concessionária.

O presidente da Câmara, vereador Anderson Cavanha (Bruxão do Táxi – PR), resumiu a insatisfação dos vereadores e parabenizou os seus por efetivamente fazerem o seu papel, que é fiscalizar os serviços públicos prestados em Itapevi. “Nós precisamos de respostas, e com a cópia do processo licitatório saberemos das obrigações da empresa. Não posso afirmar, mas parece que a antiga gestão deu isenção do ISS para a Benfica. É lamentável, e com a cópia da licitação nós vamos comprovar isso”.

Bruxão destacou os descasos em bairros da cidade, como Nova Cotia, em que os ônibus demoram uma hora e meia para passar, sendo que nos fins de semana o horário ônibus vai das 6 horas às 21 horas. “Imagina um trabalhador que entra as 7 em São Paulo. Tem que andar a pé até à Cohab. Então nós temos que cobrar sim para que esta empresa cumpra o seu papel que é prestar um serviço de qualidade”.

OUTRAS MANIFESTAÇÕES

A superlotação foi a principal reclamação constatada pelo vereador Chambinho (PR), que nos últimos dias fiscalizou algumas linhas dos municipais da cidade: “O usuário do transporte público de Itapevi precisa ter um pouco mais de respeito, pois temos linhas circulando superlotadas fora do horário de pico. Acredito que isso não é correto”.

Para o vereador Casão (PTB), dada as graves denúncias apresentadas, cabe à Câmara Municipal tomar uma providência para acabar com o descaso da concessionária de ônibus: “São vários anos que nós vereadores cobramos, então vamos tomar a iniciativa de mudar essa situação”.

O vereador Aparecido (PTN) apresentou a reclamação de uma moradora do condomínio Mirante de Itapevi em relação à Linha E-23 (Vila Áurea): “O intervalo dos ônibus chega a uma hora e meia. Nós temos os piores ônibus da região. Antigamente tinha o ônibus Divisa de São Roque que ia até o trevo da Castelo, e o cartão Bemfácil faz integração mas não resolve pro pai de família que tem que chegar cedo ao trabalho”.

A ausência de linhas de ônibus em alguns bairros foi o destaque que fez a vereadora Mariza (PSL): “Temos muitos bairros com o serviço deficitário. Muitas pessoas percorrem longas distâncias a pé para ir trabalhar. A Benfica tem obrigação de prestar um serviço eficiente para quem mora na cidade”.

Na avaliação do vereador Dênis Oliveira (PRB), a empresa Benfica não pode fazer o que bem quer no transporte público em Itapevi: “Está na hora de dar um basta nesta história. A Benfica precisa dar uma resposta, precisa prestar contas, não só para nós vereadores mas para toda a população”. O parlamentar chegou a sugerir a abertura de licitação para abrir a concorrência contra o monopólio da Benfica

.

A vereadora Tininha criticou a resistência da Benfica em mudar itinerários que ainda hoje mantêm muitos bairros isolados: “Há 4 anos venho solicitando mudança no itinerário de duas linhas de ônibus, para evitar que estudantes do Jardim Vitápolis cheguem atrasados a escola, pois o ônibus passa primeiro no Centro. E a Vila Dr. Cardoso sequer tem uma linha que vai até o Hospital Geral de Itapevi”. Ela disse que só vê duas saídas para melhorar o transporte público na cidade: “Uma nova licitação para abrirmos concorrência ou cobramos exaustivamente um serviço de qualidade”.

Em sua fala, Professor Rafael Alan (PTN) ressaltou as dificuldades dos moradores da região de Amador Bueno: “Não queremos que mudem as coisas do dia para noite, mas queremos respostas. Encaminhei a Benfica um pedido de ampliação das linhas municipais em Amador, mas não obtive resposta”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here